V CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIDADES CRIATIVAS

Tipo: Congresso

Local: Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Data: 25 Janeiro 2017  27 Janeiro 2017

 Depois das edições anteriores realizadas em Madrid (2009, 2011 e 2016) e em Campinas, Brasil (2013) – organizadas pela Associação ICONO14 (Espanha) em parceria, respetivamente, com a Universidad Complutense de Madrid e com a UNICAMP -, a Faculdade de Letras da Universidade do Porto, o CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar “Cultura, Espaço e Memória” e a Associação Científica ICONO14 têm o prazer de anunciar o Porto como cidade que acolherá, entre 25 e 27 de janeiro de 2017, a 5ª edição do evento.

Cidades Criativas 2017 pretende continuar a ser um espaço de partilha de conhecimentos e experiências no âmbito das soluções criativas e inovadoras para o espaço urbano. Congregando perspetivas científicas, artísticas, filosóficas, políticas ou antropológicas (entre outras), procedentes de vários contextos e culturas, o certame tem como objetivo principal a criação de condições ideais para uma indagação transversal, original e profícua do papel da cidade na vida humana.

CHAMADA de ARTIGOS

Está aberto o período para o envio de abstracts/resumos de comunicações para o V Congresso Internacional de Cidades Criativas.

As propostas deverão incluir: título (inglês e português/espanhol), nome do(s) autor(es), filiação, resumo (até 2000 caracteres), indicação da linha temática correspondente, 3 a 5 palavras-chave e uma nota biográfica (até 800 caracteres).
O prazo final para envio de resumos é 3 de julho de 2016.

Envio através da página web: http://www.cidadescriativas2017.com/pt/

Anúncios

KEN LOACH – A OBSTINAÇÃO DO REALISMO

Ken Loach é atualmente – e no ano em que comemora 80 anos – um dos nomes mais significativos do cinema britânico. Com raízes na escola realista, em grande parte promovida pela BBC, que sobretudo na década de sessenta lançou imensos jovens cineastas através dum trabalho onde a ficção e o documento coexistiam harmoniosamente, Ken Loach nunca esqueceu essa dimensão do seu cinema.

No mês em que se estreia I, Daniel Blake, o mais recente filme do cineasta, a Cinemateca faz um “flashback” à obra de Ken Loach, vendo ou revendo alguns dos títulos mais significativos do trabalho do autor para cinema.

Programa

27 dez. 21h30
29 dez: 15h30
IT’S A FREE WORLD
De Ken Loach com Kierston Wareing, Juliet Ellis, Leslaw Zurek, Joe Siffleet
Reino Unido, 2007 – 96 min / legendado eletronicamente em português

Ciclo de Conferências – Arte e Liturgia Cristã no Museu Diocesano de Santarém

O Museu Diocesano de Santarém organiza, ao longo do ano pastoral de 2016/2017, o segundo ciclo de conferências “Arte e Liturgia Cristã”, numa edição dedicada à “Iconografia da Virgem Maria

A riqueza das invocações marianas, associadas às obras de arte existentes na Catedral e Museu Diocesano de Santarém, terão especial enfoque, não esquecendo a temática cara ao Ano Jubilar que agora finda: Nossa Senhora da Misericórdia, assim como a iconografia da Virgem de Fátima, às portas do ano comemorativo do primeiro centenário das Aparições.»

O ciclo de conferências está organizado em seis sessões, uma em cada mês, entre dezembro de 2016 e maio de 2017. Cada sessão decorrerá à sexta-feira, das 18h30 às 20h00, nas instalações do Museu Diocesano de Santarém.

As inscrições realizam-se através dos seguintes contactos: 
E-mail geral@museudiocesanodesantarem.pt 
Telefone: 243304065 / 243304060 
Presencialmente na Loja do Museu Diocesano de Santarém

PROGRAMA

dezembro 2016 – A iconografia da Imaculada ou uma Mulher revestida com o sol – P. António Pedro Boto de Oliveira

6 janeiro 2017 – A Assunção de Maria ao Céu: teologia e iconografia – Tiago Moita

3 fevereiro 2017 (data provisória) – A Mulher do Apocalipse – Vítor Serrão

3 março 2017 – A Virgem do Manto – Luís Urbano Afonso

7 abril 2017 – A iconografia da Virgem de Fátima: arquétipo, tipo e subtipos de um tema maior do catolicismo contemporâneo – Marco Daniel Duarte

5 maio 2017 – Nossa Senhora Mãe dos Homens: culto e construção iconográfica – Sandra Costa Saldanha

Jardins do Palácio de Cristal recebem exposição ‘100 anos de fotografia Leica’

A Galeria Municipal do Porto, nos Jardins do Palácio de Cristal, vai receber, entre quarta-feira e 05 de fevereiro, a exposição ‘Eyes wide open! 100 anos de fotografia Leica‘, com trabalhos de fotógrafos como Eva Kemlein ou Cartier-Bresson.

Objeto canónico, fetiche, parte do nosso imaginário coletivo, a máquina Leica (o nome surge da contração das palavras ‘Leitz’ e ‘Camera’) esteve na origem de algumas das mais consistentes carreiras na área da fotografia profissional — do fotojornalismo à fotografia documental, sem esquecer o domínio artístico“, pode ler-se na nota divulgada pela Câmara Municipal do Porto.

Entre os autores expostos na mostra organizada pela autarquia com curadoria de Hans-Michael Koetzle encontram-se fotógrafos portugueses como Gérard Castello-Lopes e Paulo Nozolino, para além de obras icónicas da fotografia mundial como ‘A Morte de um Miliciano‘ de Robert Capa.

A exposição “explora aspetos cruciais da prática e da teoria fotográfica: da evolução tecnológica e estética às preocupações éticas e deontológicas, passando pelas mais livres expressões de artistas (nem todos reconhecidos como fotógrafos, como é o caso de George Grosz) para quem a câmara foi apenas mais um meio de dar a ver o seu mundo“.

Dividida em 14 núcleos, a exposição aborda a forma como o formato de 35mm transformou o olhar fotográfico no contexto da história da arte e da cultura, os efeitos da miniaturização da fotografia no trabalho criativo de amadores, artistas e fotojornalistas e, sobretudo, como a linguagem visual se alterou ao longo das décadas e, com ela, a nossa perceção do mundo“, acrescentou o documento da câmara.

3ª Artes & Ofícios do Porto

A 3.ª Artes & Ofícios do Porto decorrerá entre os dias 1 e 23 de Dezembro de 2016.

A mostra de artesanato é organizada pela Santa Clara (Associação de Artesãos de Vila do Conde), com o apoio da Câmara do Porto, através da PortoLazer.

> Horários:

– De domingo a quinta-feira: das 11 às 20 horas;

– Sextas e sábados: das 11 às 22 horas.

QUANDO:

1 Dez 2016 11:00 > 23 Dez 2016 20:00

ONDE:

Praça dos Poveiros
Praça dos Poveiros
4000-393 Porto
Portugal

CUSTO:

Grátis

3ª Edição “Palco a Novos Encenadores”

Palco a Novos Encenadores é a 3ª Edição de um Concurso aberto a novos/as encenadores/as que se encontrem no inicio na área de criação de espectáculos. O objectivo principal é criar oportunidades de encenação para pessoas com forte motivação para a encenação teatral, com alguma experiência nessa área ou numa outra área artística relevante. Nesta edição o Concurso está também inserido na 19ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra.

Regulamento:
Destinatários

Pessoas com forte motivação para a encenação teatral, com alguma experiência nessa área ou numa outra área artística relevante.
Condições
A criação apresentada terá de ser subordinada ao tema “Quem somos?”. Este espetáculo estará inserido na 19a Semana Cultural da Universidade de Coimbra.
Candidatura
As candidaturas deverão ser enviadas até 23 de Janeiro de 2016, para uma destas opções:
• Rua Padre António Vieira, no1 – Instalações Académicas, 3o Piso 3000- 315 Coimbra
• E-mail: teuc.teatro@gmail.com
Na candidatura deverá constar:
• Nome, morada, telefone e endereço electrónico (meio de comunicação preferencial)
• Autobiografia relevante (2000 caracteres máximo)
• Nota de motivação (2000 caracteres máximo)
• Descrição detalhada do projeto contendo:
– Intenção;
– Justificação;
– Metodologia;
– Calendarização de ensaios;
– Abordagem à iluminação e cenografia do espectáculo.
Selecção
Das candidaturas recebidas seleccionar-se-á um projecto que será construído no seio do TEUC e levado a palco durante a 19a Semana Cultural da UC, (1 de março a 1 de maio de 2017). Os ensaios e exibição do espetáculo decorrerão no Teatro de Bolso do TEUC.
Os projetos serão apreciados em Assembleia Geral do TEUC, que tomará uma decisão até 5 de Fevereiro.
Todos os candidatos serão informados por e-mail da decisão final.
O TEUC reserva-se ao direito de não selecionar nenhum projeto. Da decisão final não poderá haver recurso.
Projeto selecionado
O/a encenador/a que encabeçar o projeto selecionado compromete-se a total disponibilidade desde o início do projeto até ao final da temporada de exibição do espetáculo.
De 6 a 10 de Fevereiro agendar-se-ão reuniões pontuais para a planificação e discussão do trabalho futuro.

O/a encenador/a terão direito a alojamento, alimentação e despesas de transporte, para além de 1500 € de honorários, a atribuir na data de estreia do espetáculo devendo residir em Coimbra de 13 de fevereiro até ao final da temporada.
Os custos de produção e divulgação são determinados pela produção do TEUC.

O TEUC compromete-se a organizar uma equipa de produção, uma equipa técnica e um grupo de atores e atrizes com experiência para integrar o elenco (todos os elementos frequentaram o curso de iniciação teatral do TEUC, tendo participado pelo menos num espetáculo com apresentação pública). Na organização da candidatura o proponente deverá mostrar flexibilidade em relação ao número de elementos do elenco e o projeto não deverá depender de um grande número de atores. Os ensaios realizar-se-ão no Teatro de Bolso do TEUC em regime intensivo pós-laboral (20h às 00h) de segunda a sexta-feira, podendo sofrer alterações mediante acordo com o elenco.

Formação para o Setor Cultural

As inscrições estão ainda a decorrer e, entre outras condições especiais que podem consultar em baixo, existe um desconto de 25% para as inscrições realizadas e pagas até 20 dias antes do início do respectivo curso.

COIMBRA

Promotor: Suggestus

Apoio: Conservatório de Música de Coimbra

  • Financiamento de Organizações e Projetos Culturais – 28 horas [125,00€ + IVA]

o    16, 17, 18 e 19 de Novembro | 10:00 h – 18:00 h

  • Gestão de Projetos Culturais – 14 horas [90,00€+ IVA]

o    16 e 17 de Dezembro | 10:00 h – 18:00 h

LISBOA

Promotor: Suggestus

Apoio: Município de Lisboa – Polo Cultural Gaivotas | Boavista

  • Gestão de Organizações e Projetos Culturais [formação intensiva] – 42 horas [250,00€ + IVA]

o    25, 26 e 27 de Novembro e 2, 3 e 4 de Dezembro | 10:00 h – 18:00 h

  • Financiamento de Organizações e Projetos Culturais – 28 horas [125,00€ + IVA]

o    8, 9, 10 e 11 de Dezembro | 10:00 h – 18:00 h

MONTEMOR-O-NOVO

Promotor: Suggestus

Apoio: O Espaço do Tempo

  • Elaboração de Projetos e Apresentação de Candidaturas – 21 horas [110,00€ + IVA]

o    29 e 30 de Novembro e 1 de Dezembro | 10:00 h – 18:00 h

VISEU

Promotor: Suggestus

Apoio: ZUMZUM Associação Cultural

  • Gestão de Projetos Culturais – 14 horas [90,00€ + IVA]

o 14 e 15 de Novembro | 10:00 h – 18:00 h

CONDIÇÕES ESPECIAIS E DESCONTOS

  1. Desconto de 25% para inscrições realizadas e pagas até 20 dias antes do início do respetivo curso [nas organizações públicas a nota de encomenda e nº de compromisso até 20 dias antes do início do curso].
  2. As organizações públicas ou sem fins lucrativos que inscreverem três participantes num curso só pagam duas inscrições.
  3. As organizações culturais sem fins lucrativos com sede nos territórios ou com atividades para as comunidades da União de Freguesias de N. Srª da Vila, N. Srª do Bispo e Silveiras | Montemor-o-Novo, beneficiam de um desconto de 25% nos cursos realizados em Montemor-o-Novo.
  4. Estruturas e criadores associados do Espaço do Tempo beneficiam de um desconto de 25% nos cursos realizados em Montemor-o-Novo.
  5. Os professores, estudantes e funcionários do Conservatório de Música de Coimbra e os sócios da Associação de Amigos deste Conservatório beneficiam de um desconto de 25% nos cursos aqui realizados.
  6. Os associados da ZUMZUM Associação Cultural beneficiam de um desconto de 25% nos cursos realizados em Viseu.

 Informações e inscrições: www.suggestus.pt

APOIOS | PARCERIAS

Conservatório de Música de Coimbra

Município de Lisboa – Polo Cultural Gaivotas | Boavista

O Espaço do Tempo

Junta de Freguesia de N. Srª da Vila, N. Srª do Bispo e Silveiras

ZUMZUM Associação Cultural

Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viseu.

Post-Screen: International Festival of Art, New Media and Cybercultures Outubro 2016 – janeiro de 2017

O Post-Screen: International Festival of Art, New Media and Cybercultures (PSF2016) é um festival bienal que, de 16 de Outubro de 2016 a janeiro 2017  reúne um conjunto de especialistas, em diversos campos de investigação e da prática artística, com o objectivo de promover a discussão interdisciplinar e a apresentação de produções criativas sobre questões emergentes relacionadas com a utilização de ecrãs e a sua influência no pensamento contemporâneo.

O Post-Screen Festival 2016 é o segundo encontro internacional que ocorre em Lisboa e centra-se nas áreas da fotografia, do cinema e do vídeo, em estreita relação com a noção de pós-ecrã (Post-Screen), procurando gerar um diálogo entre os campos artísticos e tecnológicos, através de estudos multidisciplinares que contribuem criticamente tanto para a investigação como para a prática artística.

O festival oferece ao público a oportunidade de assistir e participar em diferentes eventos culturais, através de uma programação que consiste numa exposição colectiva, num ciclo de conferências, seminários, workshops, conversas com artistas, lançamento de livro.

Conferências de Lisboa em Dezembro

É já em Dezembro, nos dias 3 e 4, que tem início a primeira edição das Conferências de Lisboa, nos auditórios II e III da Fundação Calouste Gulbenkian. Trata-se de um evento internacional, bienal, que visa debater o desenvolvimento em Lisboa, cidade que, dada a sua tradição multicultural e o papel de charneira na ligação da Europa com outros continentes é considerada particularmente vocacionada para o lançamento desta iniciativa.

Uma organização da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP), Câmara Municipal de Lisboa (CML), Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), Fundação Portugal-África (FPA), Instituto Marquês de Valle Flor (IMVF),ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa, Sociedade Financeira de Desenvolvimento (SOFID) e União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA). O patrono das conferências e presidente da sua Comissão Organizadora é Luís Amado, antigo ministro dos Negócios Estrangeiros.

A primeira Conferência de Lisboa tem a participação de oradores provenientes de 12 países e as sessões de abertura e encerramento contam com a presença do antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho e do presidente da CML, António Costa. Haverá também intervenções do ex-presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso e do comissário para a Cooperação Internacional e Desenvolvimento da UE, Neven Mimica.